4 razões pelas quais os músicos angolanos desistem

Porquê os músicos angolanos desistem?

De certeza que já nos deparamos com músicos que simplesmente desistiram da indústria musical, as vezes nos perguntamos: porquê os músicos angolanos desistem? e isso vai ser respondido hoje, fique atento.

4 razões pelas quais os músicos angolanos desistem


O mercado nacional é um mercado que enfrenta mudanças a cada dia, para uns tem se tornado fácil, e para muito torna-se mais difícil ainda e acabam por desistir. Foi pensando nisso que a Mwangole News elaborou 3 razões pelas quais músicos angolanos desistem.



01. Pressão

Ao trabalhar com música, o artista está sujeito a enfrentar muita pressão. Bem, a pressão é mundial e aparece em todos os setores, mas já imaginou se a pressão não existisse? de certeza que muitos artistas levariam muito tempo para sair da sua zona de conforto e buscar o crescimento.

Para que a sua carreira seja financeiramente bem sucedida é necessário viver sob-pressão em algumas vezes e nem todos conseguem por isso acabam desistindo.


02. Dinheiro

Dinheiro claro, a música em Angola infelizmente é ainda um empreendimento caro e quase com nenhuma garantia de retorno, imagine que você é um artista sem apoios e tens de gastar, a produção e a distribuição musical que em as vezes são pagas com moedas estrangeiras, espalhas a música e muitas vezes não tens nem metade do dinheiro investido

Muitos ainda acreditam que gastando dinheiro com produtores renomeados e pagar os melhores blogs para a divulgação da sua música garante a atenção do público e um sucesso notável, por conta disso são sujeitos a investir grandes valores e acabam por se decepcionar. 

A maioria dos músicos angolanos são pobres que tentam ganhar a vida com seu talento. Os processos para registo de direitos autorais, a representação legal respeitável, serviços de marketing, equipamentos profissionais de estúdio são altos o suficiente para impedir que músicos pobres invistam.

Mas mesmo com essas barreiras, muitos músicos continuam se esforçando para que o um alcancem os seus objetivos.


03. Concorrência

Angola é um país onde há competição em todo lugar e não é diferente na música. Muita das vezes reparamos beefs e lançamentos em simultâneo tudo porque todo músico quer estar no auge, e para estar no auge, os músicos são sujeitos a enfrentar a concorrência. Principalmente nos dias de hoje em que muitos músicos optam em divulgar os seus conteúdos online onde a concorrência é bem maior.


04. Responsabilidades e Compromissos fora da música

Isso não é novidade para ninguém, pois o mercado angolano é um exemplo prático disso, Calo Pascoal, Marita Vénus e mais outras dezenas de artistas decidiram dar uma pausa na música porque tinham outras responsabilidades. 

Por vezes, os músicos se distraem com as suas responsabilidades fora da música e muita das vezes acabam por perder o foco na música e desistem. Sejam elas formação académica, relacionamento amoroso, a um novo hobby, à religião, eles vêm em massa e rápido, fazendo o artista duvidar da importância da música em sua vida, e se afastar de tudo.

Bruno M é um dos músicos que decidiu pôr fim na sua carreira de sucesso para forcar-se na vida religiosa, o mesmo aconteceu com o rapper Allen Halloween e milhares de músicos pelo mundo.

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO:

contact-form

Deixa o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE